sábado, 30 de abril de 2016

MANUEL ANTÓNIO FERREIRA DEUSDADO – Pensador e escritor






Manuel António Ferreira Deusdado (Rio Frio, Bragança, Portugal, 1858 – Lisboa, Portugal, 1918).

Concluiu o Curso Superior de Letras em 1881.
Foi professor liceal em Lisboa e nos Açores, Vogal do Conselho Superior de Instrução Pública, Lente auxiliar do Curso Superior de Letras, Sócio correspondente da Academia das Ciências de Lisboa, doutor honoris causa em Filosofia e Letras pela Universidade de Lovaina.
Dedicou-se especialmente a estudos filosóficos, pedagógicos, antropológicos e criminais.

O seu pensamento que, numa 1ª fase, mais ligada ao magistério de Jaime Moniz e Sousa Lobo, se desenvolveu no âmbito do neokantismo, com reduzida originalidade, parece ter evoluído mais tarde no sentido do neotomismo.

Atento à situação da cultura portuguesa do seu tempo, devem-se-lhe interessantes estudos sobre o pensamento filosófico e pedagógico nacional, que denotam, no entanto, certa falta de capacidade crítica e valorativa.

Fundou a revista “Educação e Ensino”.

Algumas das suas obras principais: Ensaios de filosofia actual, Ideias sobre Educação Correccional, Psicologia aplicada à educação, A sugestão hipnótica na educação.



Fonte: Enciclopédia de Cultura


Sem comentários:

Enviar um comentário